Está quase na hora do grande show do foguete gigantesco Starship da SpaceX

SpaceX Starship

A SpaceX mais uma vez pretende realizar um lançamento pela manhã para o foguete.

A SpaceX anunciou na sexta-feira que a empresa está mirando “meados de novembro” para o segundo teste de voo do foguete booster Super Heavy, integrado ao estágio superior Starship.

A empresa disse que a data de lançamento está pendente de aprovação regulatória, o que significa que a Administração Federal de Aviação e o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA ainda não concluíram o processo de revisão ambiental para o foguete e seu local de lançamento, que está cercado por áreas úmidas no sul do Texas.

Mesmo assim, o anúncio da SpaceX indica que a empresa acredita que pode em breve receber essa aprovação regulatória. Isso está de acordo com o que fontes informaram, que a aprovação federal para o segundo lançamento do Starship está perto de ser concluída.

Primeiro voo, não o melhor

O primeiro conjunto completo da Starship, incluindo seu propulsor Super Heavy, decolou do sul do Texas em 20 de abril de 2023. O foguete foi lançado apesar de três dos seus 33 motores Raptor principais não acionarem completamente no momento do lançamento. Três motores adicionais falharam durante a ascensão, e depois de alguns minutos, o veículo foi destruído pelo seu sistema de terminação de voo, pois saiu do curso. A SpaceX, no entanto, obteve dados valiosos.

Houve problemas não apenas com o foguete, mas também com o local de lançamento. A empresa construiu sua primeira torre de lançamento sem um defletor de chamas e outras estruturas para ajudar a mitigar a potência dos 33 motores principais. Isso foi um erro que Musk reconheceu posteriormente, não se pode subestimar a potência do maior foguete do mundo. Como resultado, houve danos significativos na plataforma de lançamento, sendo que a impressionante energia do lançamento lançou blocos de concreto inteiros, destroços e uma gigantesca núvem de poeira nas áreas circundantes.

Destruição do pad orbital após o lançamento do mega foguete Starship, em 20 de abril de 2023.

Nos meses seguintes, com seu característico ritmo acelerado, a SpaceX reconstruiu completamente a plataforma de lançamento e implementou um sistema de supressão de som à base de água para atenuar a energia do lançamento. Parte da revisão realizada pelo Serviço de Pesca e Vida Selvagem é garantir que essas medidas sejam adequadas para mitigar adequadamente o poder explosivo da ignição do foguete e sua partida do local de lançamento.

Chegando com tudo

A SpaceX mais uma vez planeja um lançamento matutino para o foguete, talvez por volta das 8h no horário local do sul do Texas (14:00 UTC). Fontes indicaram que a data de lançamento mais antiga possível é 13 de novembro, mas nada está definido.

A linha do tempo e o perfil de voo divulgados pela empresa na sexta-feira para o segundo teste de voo são semelhantes ao teste de abril, prevendo um voo de 90 minutos do estágio superior da Starship, que deve completar quase uma órbita completa antes de cair no Oceano Pacífico perto da ilha de Kauai.

Uma mudança notável é a adição do anel “hot staging” entre o propulsor Super Heavy e o estágio superior do Starship. Essa técnica permitirá que os motores Raptor do estágio superior, a nave Starship, sejam acionados antes da separação com o propulsor Super Heavy. Esperar pela separação “natural” após a desaceleração do Super Heavy provou-se não ser muito eficiente no primeiro lançamento, além disso, eventualmente isso resultará em uma maior capacidade de carga para órbita.

“Obviamente, isso resulta em uma espécie de explosão no propulsor, então é preciso proteger o topo do estágio do propulsor para que não seja incinerado pelos motores do estágio superior”, disse o fundador da SpaceX, Elon Musk, no início deste ano, acrescentando que a mudança de design adicionaria cerca de 10 por cento à capacidade de carga do foguete Starship.

A SpaceX não buscará recuperar nem o primeiro nem o segundo estágio deste voo. O objetivo, em vez disso, é comprovar as capacidades de voo do booster Super Heavy, se o conjunto atingi a separação, e obviamente, o desempenho da nave Starship. Musk disse que acredita que há cerca de 60 por cento de chance de que a Starship alcance seu destino neste voo.

Será um grande espetáculo, independentemente do resultado.

Fonte: Ars Technica / Eric Berger

https://arstechnica.com/space/2023/11/its-almost-showtime-for-spacexs-massive-starship-rocket/


1 thought on “Está quase na hora do grande show do foguete gigantesco Starship da SpaceX

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *