Elon Musk fez outro discurso sobre Marte – desta vez a visão parece tangível

Indústria Espacial

“Esses são números impensáveis, mas não estamos quebrando nenhuma física para conseguir isso.”

Elon Musk tem falado publicamente sobre a sua visão abrangente para a colonização de Marte há quase oito anos, datando de um discurso em Guadalajara, México, em setembro de 2016.

Neste fim de semana passado, nas instalações Starbase da SpaceX no sul do Texas, Musk mais uma vez assumiu o manto de sua causa “tornar a vida multiplanetária”. Dirigindo-se aos funcionários no local da fábrica da Starship da empresa, Musk falou sobre a “alta urgência” necessária para estender a “luz da consciência” para além da Terra. Isto não acontece porque o planeta natal da humanidade seja uma causa perdida ou não deva ser preservado. Em vez disso, disse Musk, ele não quer que a humanidade continue a ser uma civilização de um único planeta que, inevitavelmente, enfrentará alguma calamidade que acabará com a espécie.

Tudo isso é um território bastante familiar para os entusiastas dos voos espaciais – e observadores de Musk. Mas durante os últimos oito anos ele tornou-se uma figura cada vez mais controversa e polarizadora. Com base em seu comportamento, muitas pessoas considerarão os comentários de Musk sobre Marte como sendo de um megalomaníaco. Pelo menos no que diz respeito aos voos espaciais, isso seria errado. As ambições multiplanetárias de Musk hoje são mais credíveis e possíveis, porque a SpaceX tomou medidas para fazer o que ele disse que a empresa faria.

A SpaceX possui um hardware real hoje que completou três voos de teste. Um quarto é possível no próximo mês.

“É surreal, mas é real”, disse Musk, descrevendo a audaciosa visão de Marte.

O Booster e a Nave

Como parte de seu discurso de 45 minutos, Musk falou sobre o booster da Starship e o estágio superior, e os planos da empresa de entregar milhões de toneladas de carga em Marte para uma civilização autossustentável.

Se milhares de lançamentos parecem impossíveis, Musk observou que a SpaceX já completou 327 lançamentos bem-sucedidos do Falcon 9 e que 80% deles envolveram boosters reutilizados. Este ano, disse ele, a SpaceX lançará cerca de 90% da massa enviada do planeta para a órbita. A China lançará cerca de 6%, acrescentou, com o restante do mundo respondendo pelos outros 4%.

Esse tipo de desempenho deu a Musk a confiança de que a reutilização pode ser alcançada com o booster Super Heavy que coloca a nave Starship em direção ao espaço. No próximo voo de teste do veículo, possivelmente em maio, a empresa tentará pousar o booster em uma “torre virtual” no Golfo do México. Se esse pouso for preciso o suficiente, a SpaceX já tentará capturar o booster no quinto voo de teste com os braços da torre orbital (mecanismos semelhantes a “pauzinhos”) um procedimento altamente arriscado para um veículo gigatesco, ou seja, esta será de uma audacidade impressionante nunca antes testemunhado na história dos voo espaciais.

SpaceX compartilha animação de como seria a captura do booster Super Heavy

“Esse é um cronograma voltado para o sucesso, mas está dentro do campo das possibilidades”, disse Musk. Com vários voos de teste ocorrendo este ano, Musk disse que as chances de pegar o booster com a torre de lançamento já no quinto voo de teste são de 80 a 90 por cento.

Levará mais tempo para pousar e começar a reutilizar o estágio superior da nave estelar, que deve sobreviver à reentrada ardente na atmosfera da Terra. Este veículo queimou durante sua tentativa de retornar durante o último teste de vôo em março. No próximo vôo, disse Musk, o objetivo do estágio superior é sobreviver a esse aquecimento e fazer um pouso controlado no oceano. Em algum momento deste ano, ele espera que a SpaceX alcance esse marco e então comece a pousar naves estelares no Texas no próximo ano.

Construindo mais, construindo maior

A SpaceX também está construindo infraestrutura terrestre adicional e fazendo atualizações de design na Starship.

Musk disse que a empresa construirá uma segunda torre de lançamento no Texas para facilitar voos de teste de desenvolvimento adicionais. E até o final de 2025 pretende ter duas torres de lançamento de Starships na Flórida para começar a apoiar lançamentos operacionais. Inicialmente, é provável que apoiem missões de pouso lunar Artemis para a NASA.

A empresa planeja construir seis veículos Starship adicionais este ano e aumentar essa produção em 2025, quando uma nova fábrica entrar em operação nas instalações da Starbase.

A Starship também ficará maior, principalmente ao expandir seu comprimento. Musk delineou os planos da empresa para uma “Starship 2”, capaz de lançar 100 toneladas à órbita baixa da Terra em modo totalmente reutilizável, e uma “Starship 3”, com capacidade de 200 ou mais toneladas. Se isto parece irrealista, considere que a SpaceX realizou quatro grandes atualizações de blocos no foguete Falcon 9 de 2010 a 2018, mais do que duplicando o seu desempenho.

Estes veículos maiores serão necessários para reduzir o número de missões de reabastecimento necessárias para carregar um veículo na órbita da Terra para uma viagem à Lua ou a Marte. Musk disse que o objetivo é atingir uma configuração tal que sejam necessárias apenas cinco ou seis missões de reabastecimento para apoiar uma nave estelar que pode pousar 200 toneladas em Marte.

O veículo Starship 3 final terá cerca de 150 metros de altura, cerca de 20% maior que o veículo atual. Isso permitirá propelente adicional para aumentar a capacidade de elevação. Musk disse que a empresa deveria ser capaz de lançar Starships por menos do que o preço original do foguete Falcon 1, que era de US$ 6 milhões. A nave estelar carregaria 400 vezes mais carga útil, entretanto.

“Esses são números impensáveis, mas não estamos quebrando nenhuma física para conseguir isso”, disse Musk.

Milhões de toneladas para Marte

Em última análise, o objetivo de Musk é semear uma civilização em Marte como o primeiro passo da humanidade para se tornar uma espécie multiplanetária. Para conseguir isso, ele acredita que Marte precisará de uma população de cerca de 1 milhão de pessoas, com muitos milhões de toneladas de suprimentos para que os colonos possam minerar, construir e cultivar coisas em Marte para se tornarem autossustentáveis.

Isso exigirá uma quantidade absurda de lançamentos, 10 por dia, e o envio de uma frota de centenas de veículos a Marte durante a janela de trajetória de curta viagem que se abre entre a Terra e o planeta vermelho a cada 26 meses. Embora seja um desafio, Musk acredita que os humanos poderiam terraformar um planeta como Marte no futuro.

Agora, o quanto você aceitará essa visão dependerá, sem dúvida, de sua predileção por Musk e de sua percepção da dificuldade de criar comunidades habitáveis em um mundo inabitável como Marte. Os desafios de engenharia são extraordinários para nossa atual tecnolonia, no entanto, devemos reconhecer que as pessoas têm subestimado a SpaceX há anos. Geralmente, os funcionários talentosos da empresa fizeram o que Musk disse que fariam. Por que parar agora?

É inegável que Elon Musk tem a visão, o dinheiro e a disposição para tornar sua visão uma realidade, mas convenhamos, o cara sabe não apenas motivar seu funcionários, mas inspirará-los em prol dessa visão, e isso faz toda a diferença entre ele e seu concorrente, Jeff Bezos.

Oito anos atrás, quando Musk delineou pela primeira vez seus planos para Marte, muitos caracterizaram como “audácia, loucura”. Mas a partir de hoje, com a SpaceX provando que a reutilização de foguetes é uma coisa muito viável e com uma vibrante fábrica de naves estelares em mãos, eles parecem um pouco menos loucos.

“Podemos fazer isso”, disse Musk aos seus funcionários neste fim de semana. Já não temos mais certeza se ele está errado.

Fonte: Ars technica – Eric Berger / Jeff

26 thoughts on “Elon Musk fez outro discurso sobre Marte – desta vez a visão parece tangível

  1. Wow, marvelous blog structure! How lengthy have you ever been running a
    blog for? you make running a blog glance easy.
    The entire glance of your website is wonderful, as neatly as the
    content material! You can see similar here dobry sklep

  2. Hello Neat post Theres an issue together with your site in internet explorer would check this IE still is the marketplace chief and a large element of other folks will leave out your magnificent writing due to this problem

  3. Wow that was strange. I just wrote an very long comment but after I clicked submit my comment didn’t show up. Grrrr… well I’m not writing all that over again. Anyways, just wanted to say wonderful blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *